Make your own free website on Tripod.com

Home

História da Música | Períodos Musicais | Canto Gregoriano | Instrumentos Musicais | Instrumentos de Corda | Instrumentos de Percursão | Instrumentos de Sopro | Música Popular Brasileira | Sociologia da Arte e da Música | Links da Tribo | Uberlândia / M.G | Jogos On Line | Poesias da Tribo | Contato | Livro de Visitas
Instrumentos de Percursão
Tribo da Música

Pandeiro , Tambores & Caixa

musica11.gif

Pandeiro

Pequeno tambor com membrana em um dos lados e guizos presos em vãos abertos nas laterais. Não há certeza sobre a origem do pandeiro, pois é usado há milênios em quase todas as regiões do nosso planeta. Os egípcios o usavam durante o luto; na Europa, durante a Idade Média, era comum o seu uso pelos artistas ambulantes; no Brasil é importante instrumento de ritmo para o "choro" e o "samba".
- Pode ser tocado com os dedos ou a palma da mão; atritanto o polegar na membrana tem-se um efeito "trêmulo" muito bonito; pode-se bater o instrumento contra a palma da mão oposta para fazer soar apenas os guizos.

Nuvem2

Tambores


Tambor: é o termo genérico de uma grande variedade de instrumentos musicais que consistem numa pele esticada sobre um vaso ou uma armação oca, e produz som quando percutido. Esse som é produzido pela vibração da membrana(pele), classificando-o assim como membranofone, dentro de uma larga categoria de instrumentos de percussão.

As primeiras descobertas

Os tambores começaram a aparecer pelas escavações arqueológicas do período Neolítico. Um tambor encontrado numa escavação da Moravia, foi datado de 6000 anos antes de Cristo. Tambores tem sito encontrado na antiga Suméria com a idade de aproximadamente 3000 anos antes de Cristo. Na Mesopotâmia foram encontrados pequenos tambores(tocados tanto verticalmente quanto horizontalmente) datados de 3000 anos antes de Cristo. Tambores com peles esticadas foram descobertos dentre os artefatos Egípcios, de 4000 anos antes de Cristo.

Características dos primeiros tambores

Os primeiros tambores provavelmente consistiam em um pedaço de tronco de árvore oco(furado). Estes troncos eram cobertos nas bordas com a pele de algum réptil ou couro de peixe e eram percutidos com as mãos. Mais tarde, começou-se a usar peles mais resistentes e apareceram as primeiras baquetas. O tambor com duas peles veio mais tarde, assim como a variedade de tamanhos. Muitos métodos foram utilizados para fixar as peles. Nos tambores de uma pele eram usados pregos, grampos, cola, etc. Nos tambores de duas peles eram usadas cordas que passavam por furos feitos na própria pele e as esticava. Os tambores Europeus mais modernos geralmente prendiam a pele pela pressão de dois aros, um contra o outro e a pele no meio.

musica09.gif

Caixa

Um modelo menor de tambor que possuía uma corda na pele de baixo foi provavelmente adaptado pelos Árabes. Este tambor era geralmente usado como instrumento folclórico. Em algum lugar, por volta do século XIV, ele começou a ser utilizado pelos militares. Os tambores sempre tiveram uma função extra musical, como a de transmitir mensagens à distância e, principalmente, a função religiosa. Eles tem sido creditados com poderes mágicos e eram tidos como objetos sagrados. Ainda hoje, em algumas sociedades a confecção de um tambor continua a envolver um certo ritual. No leste da África, oferendas como o gado, são feitas ao "tambor real", o qual não simboliza somente o poder e "status", mas também oferece uma proteção sobrenatural. A bateria(conjuntos de tambores), se popularizou no século XX com as orquestras, as bandas militares, com a dança popular e os grupos de Jazz e Rock. A grande variedade de maneiras com que ela é aplicada hoje em dia.

Miner
Buscar por:


 

Este espaço pode ser seu!Mande um e-mail para a Webmaster Cecília e saiba como colocar seu site aqui gratuitamente!